31 jul

Sobre o simples balanceamento do Jokenpô

Qual é mais forte, a pedra, o papel ou a tesoura? Se você já jogou Jokenpô, também conhecido pelo nome mais óbvio de Pedra, Papel e Tesoura, sabe que a resposta é um grande “depende”. A pedra perde para o papel que perde pra tesoura que perde pra pedra. Um ciclo fechado onde qualquer opção tem, na teoria, a mesma chance de ganhar, e cada um tem a mesma força. Não é como se eu pudesse usar as duas mãos para fazer duas tesouras e assim derrotar a sua pedra, ou usar uma luva metálica para afirmar que o meu papel é invencível e nenhuma tesoura no mundo pode cortá-lo. O Jokenpô, com toda sua simplicidade, é um jogo perfeitamente balanceado.

Texto originalmente publicado no site Sem Tilt em 23/03/2016.

Leia mais