11 ago

Sobre Snake Pass

Então, como esta é a primeira análise/review do canal, quero fazer uma rápida introdução. A idéia principal delas será, obviamente, apresentar a minha opinião sobre o jogo em questão, mas ao invés de dissecar diversos aspectos dele e declarar um veredito absoluto quanto à sua qualidade, vou focar naquilo que considero seu principal diferencial (ou, como eu gosto de chamar, a sua “sacadinha”) e depois falar para quem eu o recomendaria. Por causa disso, não darei notas, até porque elas não ajudam muito, como já falei antes.

Outro aspecto importante é que vou tentar focar mais em jogos, digamos, “menores”, seguindo a linha d’Os Melhores Games Que (Quase) Ninguém Jogou™. Todo mundo já tem uma opinião formada sobre Zelda ou Assassin’s Creed ou GTA, minha recomendação não faz a menor diferença no esquema geral das coisas. Por isso, prefiro indicar esses jogos mais desconhecidos ou nicho, ajudando quem quer coisas mais “alternativas”.

Enfim, acho que isso era tudo que eu tinha pra explicar. Vamos então para a primeira análise/review do canal do Gamer Sensato!

Esta é a transcrição do vídeo de mesmo nome que está no meu canal do YouTube. Vão lá conhecer!

Leia mais

29 jun

Sobre a posição da Sony em relação à cross-play

Então, dois dos anúncios mais inesperados e legais desta E3 foram que dois jogos, Minecraft e Rocket League, ganharão funcionalidade cross-play! Viva!

VIVAAAAAA!!!

…Não esse tipo de cross-play. Estou falando de jogadores de diferentes plataformas jogar entre si. Num futuro não muito distante, um jogador da versão iOS de Minecraft conseguirá visitar o mundo de um jogador da versão Xbox One, por exemplo, ou um jogador de Rocket League para PC poderá competir contra um do Switch.

Um dos aspectos mais surpreendentes desses anúncios foi que a Nintendo, uma empresa muito fechada e com políticas online tremendamente arcaicas, topou permitir cross-play das versões Switch desses jogos. Foi um certo choque pra mim, fã de longa data, ver a empresa adotando uma postura tão pró-jogador e cooperando com os desenvolvedores, e um deles é a Microsoft, ainda por cima.

Todavia, o mais surpreendente não foi a cooperação da Nintendo, mas a recusa da Sony, pois as versões Playstation não se comunicarão com as versões Xbox e Switch.

O que é uma atitude bem cretina por parte dela. Pra piorar, a desculpa que ela deu foi, assim, muito, muito escrota. Ridícula.

Mas o que mais me irrita nisso tudo é que eu entendo perfeitamente porque ela adotou essa postura.

Esta é a transcrição do vídeo de mesmo nome que está no meu canal do YouTube. Vão lá conhecer!

Leia mais

10 jun

Sobre minhas previsões para a E3 2017

Então, está chegando a semana do hype desenfreado, a semana da E3. Eu sei que o evento todo não passa de uma grande propaganda da indústria dos games para hipnotizar os consumidores através de uma grande celebração capitalista, e que o ideal é adotarmos uma postura crítica e não nos deixar enganar por todas as luzes, toda a música e todos os frames por segundo.

Mas querem saber o quê? Foda-se! Eu adoro essa merda!

Esta é a transcrição do vídeo de mesmo nome que está no meu canal do YouTube. Vão lá conhecer!

Leia mais