28 ago

Sobre a diferença entre DLC e microtransactions

DLCs e microtransactions. Dois assuntos que permeiam o universo dos games desde que foram introduzidos, principalmente quanto aos seus custos e sua honestidade. Já foram discutido exaustivamente por trocentos outros sites, blogs, vídeos e sei lá o que mais. Até eu já falei sobre. Duas vezes. Mas, como eles voltaram à tona por causa de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (MGSV:TPP), resolvi voltar ao assunto.

Leia mais

19 ago

Sobre até onde uma empresa tem controle sobre seus funcionários

O assunto deste post surgiu por causa de assuntos ligados à industria de games, mas eu sinto que ele tem mais a ver com o meu blog pessoal, só que, ao mesmo tempo, acho que o assunto é interessante para o blog de games. Solução: postá-lo nos dois. Porque os blogs são meus e eu faço o que eu quero com eles, e eu sou um preguiçoso que não quer pensar em outro assunto para o blog de games nesta semana.

De qualquer maneira, o assunto de hoje nasceu por causa de dois acontecimentos recentes: a matéria do jornal japonês Nikkei sobre as condições de trabalho na Konami e a demissão de Chris Pranger da Nintendo.

Leia mais

03 ago

Sobre amiibo Schadenfreude

Vou falar de novo sobre amiibo, mas não sobre sua implementação em games, como já fiz antes, mas sobre a dificuldade de encontrá-los à venda. Ou melhor, vou falar sobre como eu, este morador do Brasil, um país onde tudo relacionado a videogames é ridiculamente caro e difícil de se conseguir, onde os impostos sobre aparelhos eletrônicos são quase tão altos quanto os sobre cigarros, onde sempre temos que rezar ao santo leão da Receita para que nossas importações não sejam taxadas indevidamente, onde temos que fazer um sacrifício em sangue toda vez que vamos buscar nossas compras internacionais no correio, onde mesmo produtos piratas podem ter o mesmo preço de um original e onde a Nintendo desistiu de tentar ter um representante local por conta das dificuldades de manter um mercado saudável com produtos e impostos tão onerosos, consegui comprar todos os amiibo que quis e toda vez que vejo um americano reclamando que não consegue comprar um amiibo ou que teve o pedido de pré-venda cancelado tenho vontade de rir da desgraça alheia, ou como os alemães chamam essa atitude, Schadenfreude.

Leia mais