28 jul

Sobre Squids Odyssey, o outro jogo viciante com lulas

Como vocês quatro leitores deste blog já devem ter percebido, eu estou adorando Splatoon. Não apenas é um jogo muito, mas muito divertido, como o esquema que a Nintendo está fazendo com seus DLCs (de graça e toda semana) está ajudando a manter meu interesse nele vivo. Mesmo considerando minha atual grande irritação videogamística, Splatoon tem sido o meu principal vício desde seu lançamento.

Mas, desta vez, não estou aqui para falar ainda mais de Splatoon, por mais que eu esteja fazendo exatamente isto numa tentativa desesperada de convencer mais pessoas a comprarem o jogo e assim mostrar para a Nintendo que é uma série que vale a pena continuar investindo. Como eu ando com lulas na cabeça, vim aqui para falar de um dos meus jogos indies favoritos do WiiU, que eu joguei muito na época que foi lançado e que também possui lulas como personagens principais: Squids Odyssey.

Leia mais

01 jul

Sobre videogames e conflitos de gerações

Este é um texto que eu estava guardando para um futuro distante, quando eu não tivesse nenhum outro assunto pra falar.

Mas aconteceram coisas na minha vida pessoal que me trouxeram à esta situação, onde eu preciso escrever sobre isto, por mais que eu ainda tivesse alguns assuntos relacionados à E3 e também quisesse falar sobre outras coisas que aconteceram durante a semana passada. Vai ter que ficar pra depois.

Leia mais